Urologia

O que é a Urologia?

A Urologia é uma especialidade médico-cirúrgica que investiga e trata doenças benignas e malignas (cancros) do sistema Genital e Urinário de homens e de mulheres de todas as idades:

  • Próstata
  • Testículo
  • Pénis
  • Uretra
  • Rim
  • Bexiga

É das especialidades da Medicina com maior percentagem de cancros na sua globalidade, o que leva a que a avaliação e prevenção por um urologista seja essencial.

Urologia – especialidade Médico-Cirúrgica

A Urologia é uma especialidade médico-cirúrgica que trata e investiga doenças benignas e malignas (cancros) de vários órgãos, nomeadamente da Próstata, Testículo, Pénis, Uretra, Rim e Bexiga.
Trata portanto doenças do sistema Genital e Urinário de homens e de mulheres de todas as idades.
É das especialidades da Medicina com maior percentagem de cancros no sua globalidade, o que leva a que a prevenção e avaliação por um urologista seja de extrema importância.
Dentro das doenças mais comuns na Urologia temos as doenças da Próstata que poderão dar sintomas urinários como o aumento da frequência em urinar e desconforto ou ardência. As infeções urinárias também são muito comuns, nomeadamente na mulher tanto em idade reprodutiva como após a menopausa, sendo uma patologia com grande impacto na vida da mulher e do casal. A litíase renal (“pedras dos rins”) também apresentam uma patologia significativamente comum na população e que poderá necessitar de avaliação urgente por um urologista.
Por último e cada vez mais comum em mulheres e homens jovens, apresentam-se as disfunções sexuais (impotência sexual, perda do desejo sexual, entre outros).

Urologia – Doenças da Próstata

Dentro das doenças mais comuns na Urologia temos as:

Doenças da Próstata (Hiperplasia e Prostatite)

  • A hiperplasia benigna faz parte do normal envelhecimento do homem
  • Poderão surgir sintomas urinários tais como aumento da frequência urinária, jacto fraco, desconforto abdominal, ardência ou até incontinência

Cancro da Próstata

  • É o tumor maligno (cancro) mais comum no homem
  • A maioria das guidelines internacionais recomendam o seu despiste e prevenção a partir dos 50 anos
  • Um diagnóstico precoce está associado a maior taxa de cura

Sinais e sintomas da sedação

  • Sensação de dormência nos pés e mãos inicialmente e, posteriormente, direcionada para as pernas e braços;
  • Sensação de formigamento nos lábios, língua, palato e bochecha;
  • Pode apresentar espasmos palpebrais, grande sorriso e voz anasalada;
  • Experimenta sensação de relaxamento, redução da sensação de ansiedade e medo;
  • Ocorre a ampliação da audição (barulhos e conversas podem incomodar);
  • Sensação de aumento do peso e calor corporal.

Cuidados a ter antes da sedação

No dia da sedação o paciente deve:

  • Usar roupas largas, principalmente nas regiões do pescoço, cintura e braços;
  • Esvaziar a bexiga para evitar diurese durante o procedimento;
  • Remover próteses removíveis (quando for o caso);
  • Não ingerir nenhum alimento sólido ou líquido no período de 2 horas antes da sedação para evitar vómitos e complicações.
Shares
Share This
× Precisa de ajuda?