Cancro Oral

O carcinoma de cabeça e pescoço é o 6º cancro mais frequente. Este aparece com maior incidência em homens e a partir dos 45 anos.

Os principais fatores de risco são o consumo de tabaco e álcool de modo rotineiro (principalmente quando há associação de ambos) e algumas lesões pré-cancerosas (como por exemplo a eritroplasia, leucoplasia, líquen plano).

Na cavidade oral, a sua localização mais frequente é no pavimento da boca e palato mole, debaixo da língua e na parte lateral da língua.
Estes carcinomas normalmente manifestam-se como uma mancha de cor variável, uma massa mais ou menos endurecida ou uma úlcera que não cicatriza em menos de 15 dias. Inicialmente não há sintomas dolorosos.
O seu tratamento está dependente do grau de evolução do carcinoma, podendo ser necessário associar cirurgia, com radioterapia e ainda quimioterapia.

Conselhos úteis:

  • Evite hábitos tabágicos e alcoólicos;
  • Visite regularmente o seu dentista (mínimo duas vezes por ano);
  • Faça um auto exame da boca a cada 3 meses, avaliando lábios, língua, gengiva, bochechas e caso note alguma alteração (manchas, nódulos) visite o seu dentista assim que possível;
  • Se alguma lesão permanecer por mais de 15 dias, visite o seu dentista assim que possível.
Shares
Share This
× Precisa de ajuda?